Quarta, 22 de Setembro de 2021
24°

Pancada de chuva

Lavras - MG

Polícia Falecimento

MG: Médico preso por dopar ex, estuprá-la e divulgar imagens morre na prisão

Maciel Vieira Alves de Araújo foi preso suspeito de cometer estupro e estupro de vulnerável, além de praticar o crime de divulgação de cena de estupro, sexo ou pornografia sem a autorização da ex-namorada

12/09/2021 às 16h15
Por: Redacao
Compartilhe:
MG: Médico preso por dopar ex, estuprá-la e divulgar imagens morre na prisão

O médico que foi preso suspeito de estuprar a ex-namorada e divulgar imagens sem autorização da vítima morreu na quarta-feira (8). Maciel Vieira Alves de Araújo, de 26 anos, estava detido no presídio de Cataguases, na Zona da Mata mineira, e teve um mal súbito dentro da cela, por volta das 19h45.

De acordo com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), órgão responsável pela administração do presídio, os detentos que dividiam a cela com ele chamaram os policiais penais, que o retiraram do local e fizeram massagem cardíaca enquanto ligavam para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

 Maciel Vieira foi levado ao hospital municipal de Cataguases pelos próprios policiais penais, e no local os profissionais da saúde fizeram várias manobras de ressuscitação, sem êxito. Por volta das 20h40, foi constatado o óbito. O advogado do detento também foi contatado pela direção do presídio, que solicitou que ele informasse a família sobre a situação.

Ainda segundo a Sejusp, assim como os outros detentos, Maciel Vieira era acompanhado periodicamente pela equipe de saúde do local. “Na última consulta, realizada no dia 24/8, todo o quadro clínico do paciente foi considerado ótimo, incluindo pressão e saturação”, informa o órgão.

O presídio de Cataguases registrou a ocorrência e abriu um procedimento administrativo para apurar internamente o ocorrido. As investigações do caso seguem com a Polícia Civil.

Relembre o caso

Maciel Vieira Alves de Araújo foi preso suspeito de cometer estupro e estupro de vulnerável, além de praticar o crime de divulgação de cena de estupro, sexo ou pornografia sem a autorização da ex-namorada, uma jovem de 22 anos. A investigação da Polícia Civil ainda aponta que o homem teria feito outras vítimas.

De acordo com a delegada Érica Nascimento Guedes, a vítima teve um relacionamento com o suspeito entre janeiro e junho deste ano. Os crimes teriam sido cometidos em Cataguases, onde a jovem mora, e em Miraí, onde o homem foi preso. Durante as investigações, a ex-namorada e outras duas mulheres foram ouvidas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lavras - MG Atualizado às 18h10 - Fonte: ClimaTempo
24°
Pancada de chuva

Mín. 15° Máx. 28°

Qui 30°C 12°C
Sex 31°C 10°C
Sáb 32°C 14°C
Dom 31°C 16°C
Seg 32°C 16°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio