Quarta, 08 de Dezembro de 2021
23°

Pancada de chuva

Lavras - MG

Cidades Passamento

Partiu o Mago das Letras: Morreu J. Nelson

J. Nelson era um artista no que se tornou referencia em toda a região

25/11/2021 às 13h47 Atualizada em 26/11/2021 às 04h59
Por: Redacao
Compartilhe:
Partiu o Mago das Letras: Morreu J. Nelson

Geo Barbosa, que conhecemos pelos inúmeros predicados de talento, além de ser um exímio musicista, através de comunicado em sua página no Facebook, nos dá a notícia da partida para os braços do Altíssimo do seu querido pai, o pintor letrista Jorge Nelson Barbosa, aos 76 anos. A volta ao nosso Pai maior desse Mago das Letras publicitárias ocorreu ontem, quarta-feira, 24/11.

 
Ao tomar conhecimento desse infortúnio, voltamos ao tempo em que as facilidades da tecnologia não existiam.
 
J. Nelson, nome pelo qual foi mais conhecido o exímio artista e que também era "marqueteiro" autodidata, marcou sua época ao criar muitas identidades visuais que foram incorporadas aos nomes das empresas e viraram sinônimo de sucesso.
 
Não é possível para os que têm mais estradas não associar o nome Expresso Nepomuceno com aquela grafia característica ao sucesso e por conseguinte ao nosso J. Nelson. Era muito comum e natural em uma época que não ficou na poeira dos tempos, você passar e ver em um local com bastante movimento o Mago das Letras pintando um muro com as mensagens publicitárias da empresa lavrense fundada por Agnaldo de Souza.
 
Conhecemos J. Nelson e estreitamos nosso relacionamento durante a campanha política do longínquo ano de 2002. A ele estava reservado dar uma identidade visual aos carros de som, pintando-os com o nome e o número do candidato. Pelo seu talento, o resultado do trabalho era uma unanimidade. Tudo ficava ótimo! Quanto ao candidato, bem, esse nem sempre ajudava.
 
Quando nos encontrávamos era uma festa, brincávamos com nossos jotas dos nomes. Por coincidência, tanto esse que vos escreve quanto ele tínhamos - e ainda temos - como amigo o J. Pinto, uma das vozes mais perfeitas para o rádio, com trabalhos em Lavras (rádios Cultura AM e Universitária FM) e em outras cidades do país. Fosse quem fosse o interlocutor, J. Nelson dizia que faltava um J para iniciar os "trabalhos", referindo-se a ausência do J. Pinto naquele momento. Poucas vezes foi possível "iniciar" os trabalhos, estando juntos os três Jotas!
 
Nossos desafios para ganhar o pão nem sempre proporcionavam tempo para esses momentos fraternais com pessoas como estes dois diletos amigos.
 
Tem pessoas, e o J. Nelson era uma delas, que deixam marcas de luzes por onde passam. Elas perpetuam seus nomes e feitos, pelo seu caráter e pela sua honradez.
 
Ao visitarmos os filhos, noras e netos, nos lembramos o que diz o teólogo Leonardo Boff: "Não morremos, Deus vem nos buscar e nos levar para onde pertencemos desde sempre, para sua casa, e para o seu convívio".
 
Descanse em paz, amigo J. Nelson!
 
J. Paulo
 
Editor
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lavras - MG Atualizado às 13h06 - Fonte: ClimaTempo
23°
Pancada de chuva

Mín. 16° Máx. 25°

Qui 27°C 16°C
Sex 28°C 16°C
Sáb 30°C 17°C
Dom 30°C 19°C
Seg 30°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes