Anúncio
Eleições/2020

Família Menicucci poderá ter dois candidatos a prefeito de Lavras

Se houver eleições a disputa entre tia e sobrinho poderá ocorrer e ser´acompanhado com interesse pelo eleitorado

04/04/2020 09h31Atualizado há 2 meses
Por: Redacao

O Mirante da Bocaina, quando sabe e tem certeza que é verdade informa, sem medo de "ser feliz". Quando não sabe! Não tem vergonha de perguntar. E a pergunta é essa? Como vai ficar a família Menicucci, que já teve integrantes servindo Lavras, Minas e o Brasil através de cargos eletivos ou não, sempre olharam por essa cidade (a vinda da Cofap, obra de Paulo Roberto Menicucci e seu cunhado Salvador Franklin de Miranda, que vem a ser pai de um dos pré candidatos a prefeito de Lavras, que abordaremos a seguir e sem esquecer do apoio importantíssimo do prefeito Célio de Oliveira, que fez as coisas acontecerem), nas eleições deste ano? Essa pergunta como vai ficar essa família, é feita em alto e bom som em função da possibilidade de dois integrantes seus, sobrinho e tia virem a disputar o cargo de prefeito de Lavras numa mesma eleição. Sabe-se é não é segredo, que a pré candidata Jussara Menicucci, vem recebendo expressivas manifestações de apoio a sua intenção, de voltar pela 4º vez a comandar os destinos de Lavras. Essas manifestações de apoio, são uma base para uma campanha politica que será ferrenha. Por outro lado, o empresário Silvinho Menicucci, tem se movimentado freneticamente nos esplendores de seus trinta e poucos anos, em buscas de apoios e tem encontrado eco, seja na juventude, ou no eleitorado em geral. O pré-candidato, diz que suas propostas de refundação das práticas de fazer política, é bem recebida e o eleitorado tem reverberado elas. Enquanto sua tia, circula por vários partidos que seduzidos por sua aceitação junto ao eleitorado lutam para indicar o vice, o jovem empresário recebeu o DEM para sua caminhada política, com a missão de disputar e vencer em Lavras para consolidar o partido na região. A eleição deste ano, se houver poderá ser inesquecível. Agora uma coisa ficou clara, a  certeza que os dois tia e sobrinho, querem o melhor para a cidade. Este desejo é compartilhado, por outros pré candidatos e antevemos debates memoráveis, se todos aceitarem. Agora vamos lembrar uma coisa" uma casa dividida, não para em pé", diz o ditado popular. É Esperar para ver! Assim que é feita a política, com "mortos e feridos" que muitas vezes o eleitor não sabe. É vida que segue, é ferida que não cicatriza!

 

 

 

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários