Anúncio
Coronavírus

Lavras. Ufla vai fazer testes de diagnóstico do coronavirus

A Ufla vai atender a demanda de realização de exames do município de Lavras e dos demais que compõem a Superintendência Regional de Varginha

11/05/2020 10h50
Por: Redacao

A Universidade Federal de Lavras (UFLA) assinou, na quarta-feira (6/5), Termo de Compromisso com a Fundação Ezequiel Dias (Funed), para que possa realizar testes de diagnóstico da Covid-19. Com a formalização, a Universidade manifesta seu interesse em participar da Rede de Apoio Técnico Laboratorial Covid-19 e declara atender aos requisitos mínimos necessários ao credenciamento.

O laboratório onde serão feitos os exames - o Biopar II - está sendo estruturado no Departamento de Ciências da Saúde (DSA), para realização de testes rápidos e moleculares para diagnóstico de infecção pelo novo coronavírus. A iniciativa é multidepartamental, envolvendo, além do DSA, docentes dos departamentos de Biologia (DBI), Fitopatologia (DFP), Medicina Veterinária (DMV) e Agricultura (DAG). Dessa forma, a Universidade poderá atender à demanda de realização de exames do município de Lavras e dos demais que compõem a Superintendência Regional de Varginha, contribuindo para a agilidade nos diagnósticos.

O projeto é um dos contemplados com os recursos obtidos pela Universidade em Termo de Execução Descentralizada (TED) com o Ministério da Educação (MEC) para desenvolvimento de ações de enfrentamento à Covid-19. As compras dos equipamentos e insumos necessários já foram solicitadas e a expectativa é de que em até 30 dias o serviço esteja preparado para iniciar os exames.

A coordenação do Biopar II e do projeto é feita pela professora do DSA Joziana Muniz de Paiva Barçante. O responsável técnico pelo laboratório será o professor do DSA Sidney de Almeida Ferreira. Atuarão nas atividades técnicos de laboratório com experiência na rotina de PCR e professores das áreas de doenças infecciosas e parasitárias e de biologia molecular, bem como estudantes de pós-graduação que tenham experiência com os procedimentos. Os trabalhos serão feitos de forma integrada com os sistemas de saúde dos municípios a serem atendidos, já que os profissionais dessa rede é que deverão fazer a coleta de material e encaminhar ao laboratório da UFLA para diagnóstico.

Além de servir à sociedade nessa situação de emergência em saúde pública, o Biopar II atenderá permanentemente às demandas do curso de Medicina e ao hospital universitário. Há também a expectativa que possa se consolidar como laboratório de referência em Minas Gerais para diagnóstico de Zika, Dengue, Chikungunya e Leishmaniose.

 

 

Com Dcom/UFLA

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários