Anúncio
Agressão

Sete Lagoas: Pré-candidato a prefeito agride violentamente a esposa

Segundo a vítima, repentinamente Emílio a agarrou pelo pescoço e começou o enforcamento

17/06/2020 13h00Atualizado há 4 semanas
Por: Redacao

Na manhã ontem terça-feira (16), o pré-candidato a prefeito Emílio de Vasconcelos Costa foi acusado pela esposa, Marina Andrade Schaun, de tê-la espancado no dia 12 último, sexta-feira, por volta de 22h30. Conforme boletim de ocorrência, a vítima estava em seu apartamento junto com Emilio quando decidiu ir até o quarto onde o marido estava para pegar um travesseiro. No entanto, repentinamente, Emílio a agarrou pelo pescoço e começou o enforcamento.

A vítima conseguiu desvencilhar e, conforme ocorrência, Emílio teria passado a desferir socos e chutes contra a esposa. Em seguida, de acordo com o boletim, o autor empurrou Marina, que veio a bater o corpo contra uma prateleira. “As agressões causaram vários hematomas na vítima. Segundo a vítima, foi a primeira vez que o autor a agrediu fisicamente, mas agressões psicológicas eram constantes”, consta no relatório policial.

Segue ocorrência: “No dia 15/06/2020 a vítima perguntou para o autor se ele não teria vergonha das marcas das agressões deixadas por ele, tendo o autor respondido que não, que ele deveria ter a estrangulado até a morte”.

Em seu depoimento na Delegacia de Mulheres (Polícia Civil), Marina Schaun teme que Emílio Vasconcelos atente contra sua vida e solicita medida protetiva. A vítima passará por exame de corpo de delito nesta tarde. Há expectativa, por parte de Marina, que seja expedido um mandado de prisão preventiva contra o agressor ainda hoje. A vítima deve entrar, ainda, com uma representação criminalmente contra o pré-candidato Emílio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com Jornal Sete Lagoas

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários