Anúncio
Educação

Zema garante volta às aulas em Minas no segundo semestre

O mais provável é que ela [aula] retorne no segundo semestre, mas neste momento que a curva está mais inclinada, e o que o número de óbitos está crescendo, fica difícil fazer uma previsão. Mas com toda certeza terá este retorno às aulas, garantiu, Zema

25/06/2020 17h06Atualizado há 2 semanas
Por: Redacao

O governador Romeu Zema (Novo) garantiu, na tarde de hoje quinta-feira(25), que as aulas na rede estadual voltam ainda neste ano. Entretanto, a data depende dos números da pandemia em Minas.

“O retorno às aulas vai depender muito do andamento da pandemia no nosso Estado. O mais provável é que ela [aula] retorne no segundo semestre, mas neste momento que a curva está mais inclinada, e o que o número de óbitos está crescendo, fica difícil fazer uma previsão. Mas com toda certeza terá este retorno às aulas, garantiu.

O mandatário ainda pediu empenho aos alunos e ajuda dos pais. “Eu aproveito essa oportunidade para pedir para todos os alunos e pais que façam aquilo que for possível nesse ensino não presencial. Sei que o ensino presencial é mais fácil e mais interativo, mas o recurso que nós temos é o não presencial. Solicito o máximo de empenho para quando retornar, ninguém esteja muito atrasado com relação ao que seria diante de aulas convencionais”, finalizou.

Relembre o caos na educação

Após dois meses sem aula – presencial ou virtual – ou mesmo qualquer notícia das escolas por causa da pandemia de Covid-19, os alunos foram surpreendidos com um retorno das lições, não-presencial e abrupto, no dia 18 de maio. Desde então, as críticas por parte dos alunos, dos pais e dos próprios professores vão desde a necessidade do uso de internet até a dinâmica pedagógica proposta.

O regime de estudo não-presencial “Estude em Casa”, desenvolvido pela SEE-MG, consiste em três principais frentes: os Planos de Estudo Tutorados (PETs), o aplicativo Conexão Escola e as teleaulas, disponíveis no YouTube e transmitidas pela Rede Minas.

Segundo a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica da SEE-MG, Geniana Guimarães Faria, o PET é a principal frente de trabalho proposta pelo Estado. Ela explicou em entrevista ao BHAZ que o material não é um livro didático, e, sim, um material de orientação para o aluno.

“O estudante já tem seu material didático, o PET é como se o professor estivesse elaborando seu plano de aula. Não é uma apostila, o propósito não é esse. Ele tem atividades e orienta os estudantes a usar seus materiais, os livros que ele já tem”, disse na ocasião.

As teleaulas, que servem de base para o aluno, também são disponibilizadas no aplicativo Conexão Escola. Apesar de serem transmitidas pelo canal de televisão do Estado, o sinal da Rede Minas não chega a 582 dos 853 municípios mineiros, ou 68% das cidades, segundo dados do próprio governo. O aluno que não tiver acesso à internet ou à emissora, portanto, não consegue assistir às teleaulas. Agora, as aulas também são transmitidas pela TV Assembleia.

 

 

 

Com BHAZ

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários