Sábado, 08 de Agosto de 2020
35 99103-0502
Cidades Farra das Diárias

Lavras: Inquérito da "Farra das Diárias" já está no Ministério Público

Este caso conhecido como "Farra das Diárias" é um escândalo

17/07/2020 10h16 Atualizada há 3 semanas
Por: Redacao
Divinópolis onde vereador foi com diárias resolver
Divinópolis onde vereador foi com diárias resolver "assuntos de interesse de Lavras" Sera?

 

Uma fonte da Polícia Civíl sob a condição do anonimato, confirmou que realmente o inquérito sobre o rumoroso caso da "Farra das Diárias", que foi denunciado pelo vereador Cel Antônio Claret dos Santos, foi concluído a cerca de três meses e remetido ao Ministério Público. A "fonte" também foi indagada se realmente foi pedido o indiciamento de seis vereadores, não confirmou e nem desmentiu. Somente para recordar, a Polícia Civil ouviu onze vereadores que constavam na denuncia protocolada na Câmara Municipal de Lavras, pelo vereador denunciante, por mau uso de diárias para viagens diversas, sempre em nome dos "interesses de Lavras". As denúncias, relatam casos como a do vereador consumir sozinho cerca de 2 quilos de comida e tomar um refrigerante de 2 litros em um almoço. Outro caso que veio á tona, é o uso do carro oficial do legislativo para "tratar de assuntos de interesse de Lavras" em Divinópolis. Neste caso, tem a diária do vereador e do motorista do legislativo, mais o combustível do veículo pagos com dinheiro público. Todos querem saber, o que foi trazido de Divinópolis neste veículo oficial. Outro caso escandaloso, diz respeito a um táxi que fez dez viagens no mesmo dia para um mesmo local com valores diferentes para um vereador. Muitos leitores têm cobrado de nós informações sobre os andamento deste caso. Confesso que estamos encontrando muitas dificuldades em reportar a verdade sobre este rumoroso caso. Antes acreditávamos que o caso ainda estava na esfera do Policia Civil. Agora que se sabe, que o inquérito com os prováveis pedidos de indiciamentos já está no Ministério Público, resta esperar que em breve a população tenha amplo conhecimento do que pode acontecer aos que fizeram mal uso dos recursos públicos. Uma outra situação que somos cobrados, é porque não publicamos nomes.Antes, os onze eram suspeitos! Se liberarem nomes, que é que todo mundo espera, não temos problemas em publicar!Para conseguir alguma informação, sobre em que pé estava este inquerito foi a maior dificuldade. Agora que o Ministério Público, passa efetivamente a cuidar deste caso por certo será dado amplo conhecimento a população de quem fez mal uso de recursos publicos e a penalidade a ser aplicada a cada envolvido. Para os leitores, que ainda não sabem o inteiro teor do relatório do vereador Antônio Claret dos Santos sobre a "farra das diárias" é só clicar neste link

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.