Sexta, 18 de Setembro de 2020
35 99103-0502
Cidades Politica

Lavras: Anulado processo de cassação de vereador pela Câmara Municipal, agora é esperar MP

Essa noticia da anulação do processo de cassação do vereador é motivo de insatisfação nas redes sociais que servem a cidade

10/09/2020 18h26 Atualizada há 1 semana
Por: Redacao
Na foto o vereador Ti Ailton acusado de compra de votos
Na foto o vereador Ti Ailton acusado de compra de votos

 

A cidade foi sacudida essa tarde com a informação do blog Lavras Online, que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, alegando procedimento errado por parte da assessoria jurídica da Câmara Municipal de Lavras, anulou o processo de cassação do vereador Ti Ailton. O assessor jurídico da Câmara Municipal Dr. Paulo Luciano foi quem orientou os procedimentos que foram seguidos pelos vereadores, para a cassação de Ti Ailton. Segundo o Blog Lavras Online, "Durante uma sessão da Câmara o advogado da Casa legislativa fez uma longa explanação sobre como deveria ser o rito dos trabalhos para a apuração e votação. O Tribunal de Justiça anulou tudo por considerar o trâmite adotado, com a participação de alguns vereadores foi incorreto". Por outro lado ainda existe uma saída, que seria caso o vereador Marcos Possato, presidente da Câmara Municipal, abrir novo processo cassação contra o vereador pelos fatos denunciados pelo saudoso Darcy Tavares.  Como se recordam o Sr. Darci Tavares, denunciou o vereador Ti Ailton em rede social por compra de votos. Agora uma pergunta fica no ar, será que a Câmara Municipal de Lavras, abriria novo processo de cassação do vereador antes da eleições?t. Agora é bom que se esclareça, que este caso da compra de votos que chegou inclusive a grande imprensa nacional está no Ministério Público e esperado o desfecho para antes das eleições deste ano.

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.