Terça, 20 de Outubro de 2020
35 99103-0502
Cidades Política

Lavras: Manifestação pacífica vai pedir votação para cassar vereador

A cidade aguarda anciosa para saber o resultados dos inquéritos da Farra das Diárias e da Compra de Votos

21/09/2020 15h26 Atualizada há 4 semanas
Por: Redacao
Lavras: Manifestação pacífica vai pedir votação para cassar vereador

Começou a circular hoje segunda-feira(21), nas redes sociais um convite para uma manifestação a favor da cassação do vereador Ti Ailton, que foi denunciado por compra de votos. O convite, informa que hoje as 18,30 horas vai acontecer uma manifestação pacífica endereçada ao presidente do legislativo municipal vereador Marcos Possato, solicitando dele,  a colocação urgente em votação do pedido de cassação. Por ter apresentado ilegalidades, a justiça anulou a votação anterior que cassava o mandato de Ti Ailton. Agora depende da mesa diretora da Câmara Municipal colocar em votação para decidir de uma vez por todas essa novela de compras de votos. A acusação de compras de votos por parte de Ti Ailton, foi feita no Facebook pelo saudoso Darcy Tavares.  A Polícia Civil,  ouviu os envolvidos e o inquérito,  remetido ao Ministério Público. Por outro lado, também se encontra no Ministério Público, o inquérito da " Farra das Diárias. Nestes dois casos, da denúncia de "Compra de Votos" e da " Farra das Diárias", é aguardado que seja informado o que foi apurado pela Polícia Civil e se realmente há indícios de crimes e se houver quem são os os vereadores envolvidos, para o eleitor saber em quem votar nas eleições de novembro. Seria extremamente salutar se o Ministério Público, informasse antes da eleições quais as conclusões que as investigações da Polícia Civil chegaram nestes dois casos rumorosos.

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.