Terça, 20 de Outubro de 2020
35 99103-0502
Cidades Policia

PRF prende dois lavrenses acusados de tráfico de pássaros da fauna brasileira

A prisão foi em Pouso Alto, no Sul de Minas, os criminosos estavam levando 130 pássaros para vender na feira de Realengo, no Rio de Janeiro

18/10/2020 08h40
Por: Redacao
PRF prende dois lavrenses acusados de tráfico de pássaros da fauna brasileira

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na madrugada deste sábado, dia 17, dois criminosos de Lavras, eles estavam em um automóvel Fiat Palio Ex, com placas de Lavras.

As prisões ocorreram por volta de 1h da madrugada, quando os federais deram ordem de parar o automóvel, na rodovia BR-354, no km 744, no município de Pouso Alto (MG).

Durante a fiscalização no automóvel, os federais encontraram várias gaiolas e embalagens de papelão contendo 130 pássaros silvestres típicos da Mata Atlântica, eram 34 trinca-ferro, 9 canários da terra, 82 coleirinhas, 3 coleiros-baianos e 2 tico-ticos.

Os criminosos contaram aos policiais que adquiriram os pássaros de outro criminoso no bairro Pitangui, em Lavras, mas omitiram o nome dele. Eles disseram também que estavam levando os pássaros para o Rio de Janeiro, onde seriam vendidos na feira de Realengo, tradicional local de comércio de ilícitos.

Os policiais realizaram uma pesquisa nos nomes dos dois e um deles, de 45 anos, já tinha condenação por crime ambiental em 2010, o crime cometido foi matar, perseguir, caçar, apanhar, vender espécimes da fauna silvestre.

O automóvel foi apreendido, os dois detidos e os pássaros recolhidos e encaminhados para a Polícia Ambiental da cidade de Itamonte, no Sul de Minas, para as providências cabíveis.

Aprisionar pássaros da fauna brasileira é crime, se você conhecer pessoas envolvidas com esta modalidade criminosa, denuncie. A Polícia Militar do Meio Ambiente recebe denúncias relativas ao meio ambiente e crimes ambientais. Elas podem ser feitas pelo telefone (35) 3829-2123 ou pelo e-mail: [email protected], seu nome será mantido no anonimato.

 

 

 

Com Jornal de Lavras

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.