Terça, 24 de Novembro de 2020
35 99103-0502
Cidades Denúncia

Lavras: Faltando poucos dias para a eleição silêncio total sobre a “Farra das Diárias”

Essa novela da

19/10/2020 17h01 Atualizada há 1 mês
Por: Redacao
Vereador Antônio Claret que denunciou a
Vereador Antônio Claret que denunciou a

Faltando vinte e poucos dias para as eleições municipais, o eleitor lavrense ainda não sabe quem são os vereadores que a Polícia Civil pediu o indiciamento por mal uso de recursos públicos( diárias). Segundo as informações disponíveis, o inquérito com o pedido de indiciamento de seis vereadores teria sido enviado ao Ministério Público em maio deste ano, mas até o momento não se tem notícias de nenhuma manifestação daquele órgão da justiça aceitando ou não a recomendação da Polícia Civil. Este silêncio ensurdecedor, vem beneficiando os envolvidos neste escândalo que ficou conhecido como a "Farra das Diárias". O nome “Farra das Diárias,” é porque alguns vereadores solicitaram diárias, sob a alegação de viagens para resolver assuntos de "interesse da cidade" em várias cidades de Minas. Um exemplo: um vereador,  em um dia em Belo Horizonte fez dez viagens de táxi para um mesmo endereço com valores diversos. Também tem  o caso, de outro vereador que sozinho no almoço comeu dois quilos de comida e tomou uma coca cola de dois litros. E não precisou de chamar o Samu! Ou a viagem em carro oficial da Câmara Municipal de Lavras, para a cidade de Divinópolis com diária para o vereador e mais o motorista do carro oficial. Agora o que todo mundo deseja saber é o que foi tratado de interesse de Lavras em Divinópolis o que foi trazido no porta malas do carro oficial da Câmara Municipal de Lavras. Divinópolis é um polo regional de confecções! Essa novela da "Farra das Diárias", começou com a denúncia do vereador Antônio Claret. Seria de interesse público, que os eleitores de Lavras tomassem conhecimento antes do dia 15 de novembro, do que foi apurado, pela Polícia Civil. É preciso que o eleitor saiba, o que realmente aconteceu para destinar o voto conscientemente. Mas para que isso ocorra, é necessário dar amplo conhecimento sociedade do que foi apurado e quem são os que a Polícia Civil pediu o indiciamento. Este silêncio, beneficia os que não foram corretos no trato com a coisa pública.Neste link, está o relatório do vereador Antônio Claret denunciando o mau uso de recursos público, isso não pode ficar escondido!

 

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.