Segunda, 30 de Novembro de 2020
35 99103-0502
Cidades Vacinação

MG: Faculdade de Medicina da UFMG inicia testes com candidata a vacina contra a covid-19

Os ensaios atrasaram por causa da suspensão do estudo provocada por efeito adverso em voluntário dos EUA

06/11/2020 09h45 Atualizada há 3 semanas
Por: Redacao
MG: Faculdade de Medicina da UFMG inicia testes com candidata a vacina contra a covid-19

A Faculdade de Medicina da UFMG inicia, na quarta-feira, dia 4, o ensaio clínico da vacina candidata da Johnson & Johnson contra a covid-19, após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) autorizarem a retomada dos estudos no Brasil. Os testes estavam suspensos em âmbito mundial desde o dia 12 de outubro devido ao evento adverso grave registrado com um voluntário dos Estados Unidos.

De acordo com o professor Jorge Andrade Pinto, coordenador dos ensaios na UFMG, o evento foi exaustivamente investigado tanto por comitês de segurança independentes quanto pelas agências reguladoras, e nenhuma causa clara foi identificada, mostrando a ausência de relação com o produto vacinal em teste. A autorização foi publicada nesta terça-feira, 3, pela Anvisa, mas nos Estados Unidos a permissão para continuidade se deu no dia 23 de outubro.

A interrupção adiou o início dos testes conduzidos pela Faculdade de Medicina, e só hoje os primeiros candidatos selecionados, após o preenchimento do formulário on-line, estão recebendo as doses do produto vacinal. O atendimento ocorre por meio de agendamento feito pela equipe responsável, após coleta e avaliação das informações necessárias.

Jorge Pinto lembra que, em algum momento, todos os inscritos no pré-cadastro on-line receberão uma resposta sobre sua participação, seja para esse ensaio clínico ou para testes com outros produtos vacinais e anticorpos monoclonais que visam combater o vírus Sars-CoV-2.

Centro colaborador
A Faculdade de Medicina é um dos dois centros brasileiros que atuam como colaboradores dos estudos desenvolvidos pela rede Covid-19 Prevention Network (CoVPN) para oferecer respostas à pandemia do novo coronavírus – o outro é o Instituto Nacional de Infectologia da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

 

 

 

Com Centro de Comunicação da Faculdade de Medicina da UFMG

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.