Segunda, 23 de Novembro de 2020
35 99103-0502
Cidades Eleições/2020

Chega o dia de votar e ninguém sabe quais os vereadores podem ser indiciados pela "Farra das Diárias"

O eleitor deveria ter o direito de saber quem são os indiciados na "Farra das Diárias"

14/11/2020 18h12
Por: Redacao
Chega o dia de votar e ninguém sabe quais os vereadores podem ser indiciados pela

Amanhã dia 15/11/2020, os eleitores lavrenses vão comparecer às urnas para exercerem seus direitos políticos de cidadãos sem saberem quem são os seis vereadores envolvidos na famosa "Farra das Diárias". Estes seis vereadores, são os que a Polícia Civil a pedido do Ministério Público, investigou e encontrou indícios de prática de crime contra administração pública. A "Farra das Diárias", para quem não sabe, consistia na solicitação de pedidos de diárias sob o argumento de resolver "interesses de Lavras", na mais diversas cidades de Minas. Com isso, descobriu-se o caso de um vereador que sozinho no almoço comeu dois quilos de comida e tomou uma coca-cola de dois litros, sem apresentar nenhum mal estar depois. Ou então, o caso de um determinado vereador que em Belo Horizonte, fez dez viagens de táxi para um mesmo endereço no mesmo dia com valores diferentes. Tem também um vereador, que foi tratar de assuntos de "interesse de Lavras" em Divinópolis, uma cidade conhecida como um polo de confecções. O que se quer saber, é o que foi trazido no porta malas do veículo oficial da Câmara que foi usado nessa viagem.Concluído pela Polícia Civil, o inquérito teria sido remetido ao Ministério Público  em maio com a recomendação de indiciamento de seis vereadores. Até hoje, faltando menos de 24 horas para as eleições que deverá escolher prefeito e vereadores, o eleitor lavrense não sabe quem são os vereadores que poderão ser indiciados por mau uso de recursos públicos. Este silêncio, não permite ao eleitor lavrense votar consciente, beneficia somente os que fizeram mau uso de recursos públicos. Quando resolveram divulgar os nomes, já será tarde e terá pouca valia.Este marasmo, em mostrar quem são os que tiveram o pedido de indiciamento feitos pela Policia Civil, não ajuda o eleitor na hora do voto, mas ajuda a manter a sensação de impunidade. Aqui as denúncias que da “Farra das Diárias”.

 

 

TRE mantém o vereador Lila inelegível por causa de crime eleitoral

 

O Ministério Público Eleitoral, através do promotor Aécio Rabelo, propôs ação de impugnação ao registro da candidatura do atual vereador lavrense Elias Freire Filho, o Lila. Isso ocorreu porque nas certidões criminais do vereador constam que ele já foi condenado pela prática de crime do artigo 350 do Código Eleitoral. O Jornal de Lavras, traz matéria sobre a situação do verador Elias Freire Filho. Para saber mais, clique aqui.

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.