Terça, 26 de Janeiro de 2021
35 99103-0502
Cidades Homicídio

Três Corações: Homem que matou a esposa a facadas suspeitava de traição

Segundo a delegada Hipolita Brum de Carvalho, as apurações iniciais indicam que o crime foi motivado por ciúmes

29/12/2020 09h11 Atualizada há 4 semanas
Por: Redacao
Três Corações: Homem que matou a esposa a facadas suspeitava de traição

Tiago da Silva Ribeiro, de 35 anos, foi preso, na tarde de ontem segunda-feira (28/12), após torturar até a morte a esposa, Camila Miranda Bandeira, de 32 anos. O crime ocorreu em Três Corações, na frente das quatro filhas do casal, com idades entre 6 e 11 anos. Ele, foi localizado por policiais militares na cidade de Conceição do Rio Verde, e foi apresentado na Delegacia de Plantão, onde foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio.

 

De acordo com a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Três Corações, Hipolita Brum de Carvalho, as apurações iniciais indicam que o crime foi motivado por ciúmes. “Na data de domingo (27/12), o suspeito, desconfiado de que que Camila, estava o traindo, tomou o celular dela à força. Posteriormente, ambos entraram em discussão. Alterado, ele a agrediu com bastante brutalidade e, com requintes de crueldade, veio a matá-la, na frente das filhas”, descreve a delegada.

 

Conforme registrado na ocorrência, depois de trancar a esposa e as crianças em um cômodo da residência, o homem chegou a cortar o cabelo da companheira usando uma faca e a agredido com chutes na região da cabeça e do tórax. Após o crime, o próprio suspeito teria acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e, em seguida, fugido do local.

 

Tiago da Silva Ribeiro,  autuado e encaminhado ao sistema prisional, onde está à disposição da Justiça. As investigações prosseguem pela Deam para conclusão do inquérito policial.

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.