Sexta, 05 de Março de 2021
35 99103-0502
Saúde Coronavírus

Em visita ao TJMG, reitora anuncia vacina contra Covid-19 produzida pela UFMG

Vacina já passou pelas fases 1 e 2 e aguarda recursos para a fase 3 de testes

09/02/2021 08h00
Por: Redacao
UFMG está em produção de vacina 100% brasileira, para combate à Covid-19
UFMG está em produção de vacina 100% brasileira, para combate à Covid-19

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, recebeu ontem segunda-feira (8/2), a reitora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), professora Sandra Regina Goulart Almeida.

Durante o encontro, a reitora anunciou que o Centro de Tecnologia em Vacinas (CT-Vacinas) da UFMG desenvolve uma vacina 100% brasileira contra a Covid-19. “Muito boa esta notícia trazida pela reitora, pois a expectativa de toda população por mais vacinas é muito grande”, afirmou o presidente do TJMG.

Covid-19

A reitora Sandra Regina explicou que o desenvolvimento da vacina da UFMG iniciou-se no ano passado e já passou pelas fases 1 e 2 que consistem em imunogenicidade e testes em animais. Em breve, entra na fase 3, considerada a mais onerosa, pois envolve exaustivos testes em seres humanos.

 A vacina da UFMG é similar à vacina da Universidade de Oxford, que trabalha com vetores virais capazes de codificar proteínas do coronavírus sem causar a doença, mas estimulando a produção de anticorpos e células de defesa. 

“O Centro de Tecnologias em Vacinas da UFMG é uma referência nacional, sendo o único no país a desenvolver a Leish-Tec, vacina para prevenção da leishmaniose, com 96% de eficácia em cães. Em breve teremos a nossa própria vacina contra a Covid-19”, garante a reitora, que também anunciou parceria da UFMG com o Governo do Estado e com o Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovações para o desenvolvimento da vacina contra o novo coronavírus em Minas Gerais.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.