Quinta, 04 de Março de 2021
35 99103-0502
Cidades Mudanças

Lavras: Ouvidor Municipal poderá ser a terceira baixa em 45 dias de governo

Circulos próximos a prefeita acham que o ouvidor municipal tem causado desgastes a atual administração com suas ausencias constantes da repartição

15/02/2021 12h15 Atualizada há 2 semanas
Por: Redacao
Lavras: Ouvidor Municipal poderá ser a terceira baixa em 45 dias de governo

O radialista Erlan Araújo, no “Programa do Gordinho” da Rádio Cultura AM desta segunda-feira, 15, veiculou uma notícia que pode ser a resposta a um áudio que circula nos grupos de WhatsApp, cuja mensagem teria sido atribuída ao ouvidor municipal, que tenta explicar sua nomeação para o cargo. E não sendo verdade, cria-se um constrangimento para a prefeita Jussara Menicucci, e pelo que a conhecemos, não acreditamos, o que se tenta atribuir a ela.

É público e notório que não votamos na atual chefe do Executivo Municipal. Mas também é de conhecimento geral, que como jornalista já fizemos críticas pontuais em suas administrações passadas, e ela, agindo sempre como uma democrata, jamais usou de qualquer expediente para "calar" as críticas. Pelo contrário, através dessas críticas, ela cobrava empenho dos titulares dos órgãos depreciados e a coisa funcionava. Vê-se, então, que ela sempre soube “fazer do limão uma limonada". Daí, a nossa surpresa com o que é dito na referida mensagem.

 

No entorno dela, essa mensagem tem causado muito desconforto, somado que o ouvidor municipal não aparece na repartição, o que leva a um desgaste desnecessário neste começo de administração.

 

Voltemos agora ao “Programa do Gordinho”, onde o radialista informa que já estaria em gestação a troca do ouvidor por um outro cidadão, que inclusive já colaborou em outras administrações da prefeita Jussara Menicucci, aliás, com ótimos resultados.

 

Os motivos da troca seriam vários, no entanto, o que estaria "pegando" é que o ouvidor não aparece no local de trabalho, e para piorar a situação, costumeiramente deixa o celular desligado.

 

Um detalhe tem chamado a atenção. Durante a administração do ex-prefeito José Cherem, o mesmo servidor, em um blog que leva seu nome, foi um ferrenho cobrador de ações em todos os setores, muitas das vezes com críticas pessoais.

 

O que ninguém entendia era o porquê desse critério, quando se sabe que a imprensa deve ajudar a fiscalizar os poderes constituídos com críticas fundamentadas.

 

É bom lembrar, que em certas ocasiões é preciso limpar a boca por causa do veneno, ou então ter o mesmo fim aplicado aos inimigos.

Abaixo, trecho do vídeo do Programado Gordinho, onde o radialista Erlan Araújo comenta sobre a possivel troca na ouvidoria do município.

 

 

J. Paulo

Editor

JPMTE/MG

06755

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.