Terça, 13 de Abril de 2021
35 99103-0502
Política Investigação

Lavras: Instalada CPI que vai apurar contrato milionário com clínica odontológica

Essa é a primeira CPI envolvendo uma entidade presidida pela prefeita Jussara Menicucci de Oliveira

05/04/2021 20h55 Atualizada há 1 semana
Por: Redacao
Vereador Lauro Mesquita autor da CPI da
Vereador Lauro Mesquita autor da CPI da " Boca Rica" Foto Lavras Online

Conforme havia prometido em redes sociais assim que estourou o Escândalo do Cislav, o vereador Lauro Mesquita do PSL, apresentou hoje segunda-feira 05/04 o pedido de abertura de CPI, para investigar a  denúncia feita pelo Blog Lavras Online, no sábado 03/04. A denúncia, foi repercutido pelo Jornal de Lavras, Programa do Gordinho da Rádio Cultura AM e pelo Facebook e por este portal de notícias, sobre a celebração de um contrato com dispensa de licitação no valor de R$ 889.720 mil por ano, pela Cislav que é mantida com recursos públicos e o Centro Odontológico Spuri. Hoje mais cedo, uma correspondência do Centro Odontológico foi encaminhada, ao secretário executivo do consórcio de saúde, Luciano Fernandes de Melo, também conhecido por Tílílí onde foi pedido o cancelamento do contrato. Ele foi assinado no dia 17 de março, e até hoje não houve nenhum atendimento. Assinaram o pedido de CPI, o vereador propositor Lauro Mesquita, Ana Paula, Elis Amarante, Carol Coelho, João da Mercearia e Zeca do Salão. Um detalhe, a Câmara Municipal de Lavras é composta por dezessete vereadores, e mesmo este escândalo está entre um dos assuntos mais comentados em redes sociais, somente seis vereadores  assinaram para a instalação desta CPI. É de se recordar,  que a prefeita de Lavras, Jussara Menicucci de Oliveira é a presidente do Cislav, que é um consórcio de saúde, integrado por 10 municípios, que visa oferecer aos munícipes das cidades participantes consultas, exames, internações, cirurgias e procedimentos odontológicos. No caso de Lavras, temos o CEO Centro de Especialidades Odontológicas, que fica na Avenida Perimetral próximo ao Postinho, que faz os procedimentos que foi motivo desde contrato milionário de R$ 889.720 mil que depois que foi divulgado pela imprensa foi cancelado pela clínica escolhida. Algumas pessoas com conhecimento de causa, mas que preferem ficar em off, acham que no decorrer dos trabalhos dessa CPI, que alguns "esqueletos" sejam encontrados e se forem exumados direitinho, poderão apontar até a possibilidade de mais coisas estranhas estarem acontecendo ali, inclusive "nepotismo cruzado" envolvendo até vereador e outras coizitas más. Vamos aguardar e orar para que estes esqueletos se forem encontrados,  tenham enterros dignos!

 

 

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.