Terça, 23 de Julho de 2024
26°

Tempo limpo

Lavras, MG

Cidades Fim do Mundo

AL: Esposa estupra marido com vergalhão de ferro e filho de 10 anos filma

Homem se recusou a fazer exame de corpo de delito e disse que não se separa porque a ama

05/07/2024 às 07h58 Atualizada em 05/07/2024 às 08h12
Por: Redacao
Compartilhe:
AL: Esposa estupra marido com vergalhão de ferro e filho de 10 anos filma

A Polícia Civil (PC) investiga uma mulher por estupro de vulnerável contra o marido em Marechal Deodoro, no interior de Alagoas. A delegada Liana Franca informou que há um vídeo feito pelo filho do casal, de 10 anos, mostrando a suspeita introduzindo um vergalhão de ferro no marido. O caso aconteceu no último dia 1º.

A denúncia foi feita por um familiar, que procurou a delegacia do município. “A vítima é um senhor que estava embriagado e as imagens mostram ela introduzindo o vergalhão no ânus do marido. Isso aconteceu na frente dos filhos deles, três crianças - além da de dez anos, que filmou, outra de 11 e 7 anos”, relata.

A mulher foi levada para a delegacia, onde foi ouvida, mas não ficou presa. “Eles não foram autuados em flagrante porque a comunicação desse crime chegou ao nosso conhecimento um dia após o fato. Porém, eles respondem a um inquérito policial que será encaminhado à Justiça”.

Ao ser ouvida, de acordo com a delegada, a mulher disse que está arrependida. O marido não quis prestar queixa. “Ele se recusou a fazer exame de corpo de delito. Disse que não se separa porque a ama. E ainda disse que os dois se dão muito bem”, revela.

As crianças ficaram aos cuidados do Conselho Tutelar e foram encaminhadas para uma casa de passagem. “Agora a guarda das crianças fica a cargo de a Justiça decidir. Pelo que vimos, essa prática deles presenciarem agressões parece comum, e um absurdo como esse não pode acontecer”, reforçou Liana Franca.

 

Fonte: Gazeta Web

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários