Terça, 23 de Julho de 2024
26°

Tempo limpo

Lavras, MG

Polícia Monstro!

Sul de Minas: Homem de "saidinha" estupra mãe de 39 e filha de 10 anos 

Polícia Civil pediu prisão temporária do suspeito. Um outro adolescente estava na casa e foi amarrado enquanto os abusos aconteciam

09/07/2024 às 18h26
Por: Redacao
Compartilhe:
Foto: PMMG
Foto: PMMG

Márcio Alves Pereira, 42 anos, foragido da Justiça de São Paulo, foi preso hoje pela manhã suspeito de estuprar uma mulher de 39 anos e a filha dela, de 10 anos. O crime aconteceu no domingo(07/07).

O crime ocorreu quando o suspeito nvadiu a residência de uma família, em Santa Rita do Sapucai anunciando um assalto. Depois de prender alguns ocupantes da casa no banheiro, ele  estuprou a mulher e sua filha de 10 anos. Um menino de 13 anos, foi amarrado e deixado em um dos quartos da casa.

Ontem segunda-feira (8/7), uma equipe da Policia Civil em Santa Rita do Sapucaí iniciou os levantamentos e o suspeito foi identificado. Nesse levantamento foi descoberto que o suspeito é foragido da Justiça paulista, estava beneficiado pela "saídinha temporária" do sistema prisional, aproveitou para não retornar e continuar no mundo do crime.quando não retornou.

Estuprador passeava de bicicleta no centro 

A mãe e a menina de 10 anos, foram  atendidas no Hospital Antônio Moreira da Costa, em Santa Rita do Sapucaí. Nesse atendimento, foi comprovado que as vitimas foram estupradas e também receberam medicamentos para esses casos.

Além dessa barbaridade, o bandido levou da casa R$ 70 e uma bicicleta. da vítima. Ele foi preso no centro de Santa Rita do Sapucai, com a bicicleta roubada. Ao ser abordado, negou os fatos. Porém, pela descrição da mulher e de pessoas que estavam na casa, ele acabou confessando o crime e foi encaminhado a Delegacia de Policia ouvido, e agora está disposição da justiça.O inquérito policial será concluído nos próximos dias.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários